Blog

Excesso de velocidade pode causar gastos extras na sua frota

Frota 162

31/08/2022

5 minutos

É papel do gestor da frota reduzir os custos logísticos e os gastos extras devido ao excesso de velocidade. Afinal de contas, para manter os fretes competitivos e conseguir uma boa lucratividade, a empresa deve garantir que o seu orçamento esteja bem alinhado. 

Contudo, essa redução de gastos só é possível a partir do momento que os gestores têm o conhecimento exato sobre as despesas que estão ligadas aos maus hábitos dos motoristas. 

De acordo com a Confederação Nacional de Transporte, em 2021 foram registrados mais de 63 mil acidentes nas rodovias federais. Esse é um número espantoso e que mostra o perigo de trafegar em alta velocidade.

Além dos acidentes e multas — que por si só já são difíceis de lidar porque podem acumular e se tornar enormes custos para a empresa — existem muitos outros gastos extras devido ao excesso de velocidade. Nas linhas abaixo, abordaremos os principais.

Excesso de velocidade gasta mais combustível 

Em condições normais, um veículo conduzido a 90 km de velocidade e operando com a sua capacidade máxima, faz um consumo médio de 2,5 km por litro de combustível, o que representa um gasto de R$ 2 mil por quilômetro rodado.

No entanto, se esse mesmo veículo for conduzido em 100 km de velocidade, operando novamente na sua capacidade máxima, ele irá consumir 2,2 km/l. Então, em uma viagem de 1.000 km, há um gasto de cerca de R$ 2.272,72. Portanto, neste exemplo, o excesso de velocidade gerou um gasto extra de R$ 272,72

Considerando o cenário acima, se o condutor faz 15.000 km por mês, a despesa extra passaria a ser de R$ 4.090,80. Desse modo, em um ano, os gastos extras devido ao excesso de velocidade com o combustível seriam de mais de R$ 49 mil!

Além disso, quando os condutores aceleram e desaceleram o veículo de maneira brusca, ocorre também uma maior quantidade de consumo de combustível. Então, considerando os valores dos combustíveis hoje, estas despesas citadas acima poderiam ser ainda maiores.

De acordo com informações divulgadas pela Ford, cerca de 25% da utilização do combustível pode ser reduzida a partir de uma direção mais consciente.

Durabilidade dos pneus também é afetada por excesso de velocidade

A velocidade usada pelo motorista é um fator determinante para a rotação dos pneus. Então, quando essa rotação é elevada, há um aumento da temperatura que culmina em seu desgaste mais rápido. Sendo assim, a velocidade do veículo tem ligação direta também com a preservação do pneu do veículo. 

Para se ter uma ideia, rodar acima dos limites pode causar 10% da perda da durabilidade dos pneus. Portanto, um conjunto de 18 pneus pode representar um gasto extra de R$ 4.500.

Depreciação do equipamento por velocidade excedida

Com o passar do tempo, é natural que haja desgastes dos componentes dos veículos e é comum que as empresas já se planejem financeiramente para renovar a frota sempre que necessário.

Contudo, um dos gastos extras ligados ao excesso de velocidade é a redução da vida útil do equipamento, que passa a ser comprometida em até 20%. Afinal, o aumento da velocidade força a capacidade máxima do motor

Logo, considerando os oito anos de funcionamento normal de um motor, o desgaste provocado pelos excessos de velocidade recorrentes acabam descontando um ano de sua vida útil.

Multas de trânsito por excesso de velocidade 

Além de todo o perigo para o trânsito, o excesso de velocidade ainda pode resultar em multas, causando mais despesas para a empresa. Até porque o valor é cobrado de acordo com a velocidade que foi excedida:

  • Até 20% acima do estabelecido: infração média com custo de R$ 130,16, além de 4 pontos na CNH;
  • De 20% a 50% acima do estabelecido: infração grave com custo de R$ 195,23, além de 5 pontos da CNH;
  • Acima de 50% do estabelecimento: infração gravíssima com custo de R$ 880,41 e 7 pontos da CNH.

Então, imagine uma frota com 100 veículos e com 30 multas de infração média? É um gasto extra de quase R$ 4 mil! Assim, quanto maior é a quantidade de veículos, maior tende a ser o número de multas e o valor que a empresa vai precisar dispensar.

É muita despesa extra que pode se tornar uma verdadeira bola de neve se os prazos de pagamentos forem perdidos. Além do ônus financeiro, os muitos pontos na CNH do condutor podem gerar a sua suspensão, fazendo com que a frota ainda perca um integrante.

Também é importante mencionar que o motorista pode responder civil e criminalmente em caso de acidentes cometidos em razão do seu excesso de velocidade, mesmo que ele não tenha sido o responsável pelo fato.

Desse modo, o excesso de velocidade pode causar também um grande transtorno na vida profissional do condutor. 

A produtividade não está associada ao excesso de velocidade!

Produtividade nada tem a ver com o excesso de velocidade, não é à toa que os motoristas que normalmente estão em primeiro lugar nas frotas — em total de quilômetros rodados — têm os menores números de picos de velocidade.

Então, faça uma boa gestão da frota usando a tecnologia como aliada para reduzir os gastos extras devido ao excesso de velocidade. Para isso, conte com Frota 162!

Nossa plataforma traz informações sobre sua frota de forma automática. Com ela, você tem acesso a um dashboard gerencial no qual é possível identificar as infrações dos órgãos de trânsito que atuam em todos os estados brasileiros, possibilitando economia de até 40% em multas e até 80% de redução de tempo com headcount.

Além disso, a Frota 162 traz um maior controle sobre qualificação de condutores, automatizando as indicações e levando a sua empresa ao nível profissional exigido pelo mercado. 

Fale com um dos nossos especialistas e experimente a plataforma da Frota 162 gratuitamente!

Banner para excesso de velocidade
  • Compartilhar:

Comentários

Assine a nossa
newsletter

    © 2022 Frota 162 - Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por

    Layer UP