Blog

Motoristas têm até o dia 28 de Janeiro para regularizar o exame toxicológico

Frota 162

26/01/2024

5 minutos

Todos os motoristas de SP das classes C, D e E da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) devem regularizar o exame toxicológico até o dia 28 Janeiro de 2024.

O prazo para regulamentação era até o dia 28 de Dezembro, porém, segundo o SENATRAN (Secretaria Nacional do Trânsito), as multas que anteriormente não eram aplicadas serão aplicadas automaticamente a partir do dia 28 Janeiro de 2024.

Se o motorista não fizer a regularização no prazo estipulado, o mesmo poderá ser multado de forma automática no valor de R$1.467,00 e perderá 7 pontos em sua CNH.

O órgão ainda não possui uma definição para a aplicação dessa multa, porém, caso os caminhoneiros e condutores de ônibus ou vans sejam flagrados pela segunda vez com o exame vencido no período de um ano o valor da multa é de R$2.934,00 e pode haver a suspensão da CNH.

O que é o exame toxicológico?

O exame toxicológico é uma análise que utiliza uma pequena amostra de cabelo ou pelo do corpo para identificar o consumo de substâncias psicoativas.

Ao contrário dos exames de urina e sangue, que têm um alcance mais limitado, o exame toxicológico é capaz de revelar o uso dessas substâncias em um período mais extenso, abrangendo de 90 a 180 dias antes da coleta.

Dentre as drogas que podem ser detectadas pelo exame, podemos citar:

  • Maconha e seus derivados;
  • Cocaína e suas formas derivadas (Crack, Merla, etc.);
  • Anfetaminas, frequentemente associadas ao uso de rebites;
  • Metanfetaminas, MDMA e MDA (Ecstasy);
  • Inibidores de apetite, como Anfepramona, Mazindol, Femproporex;
  • Analgésicos à base de opiáceos e outras substâncias derivadas, tais como Codeína, Morfina, Heroína, entre outros.

Essa análise abrangente oferece uma visão mais detalhada sobre o histórico de consumo do indivíduo, contribuindo para uma abordagem mais eficaz na identificação de substâncias psicoativas.

Como saber se preciso do exame toxicológico?

Todos os condutores das categorias C, D e E, na obtenção e renovação destas categorias, e condutores com idade inferior a 70 anos são obrigados a realizar o exame toxicológico.

Como regularizar o exame toxicológico?

Para realizar a renovação do exame toxicológico a tempo, você precisa se certificar de que seus documentos estão em dia e ter a ciência de que as seguintes regras precisam ser seguidas:

Escolha de Laboratórios Credenciados: Certifique-se de realizar o exame em um laboratório credenciado pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN) ou outro órgão competente, dependendo do contexto.

Acesso ao Laudo e Regularização: Veja o resultado do exame, geralmente disponibilizado online pelo órgão. Se o resultado for negativo para o consumo de substâncias proibidas, não será necessário tomar nenhuma medida adicional. Em caso de resultado positivo siga as orientações fornecidas pelo laboratório e órgãos responsáveis para a regularização.

Seguimento de Procedimentos Adicionais (se necessário): Em alguns casos, se o resultado for positivo, podem ser necessários procedimentos adicionais, como tratamento médico ou participação em programas de reabilitação, dependendo das políticas estabelecidas pelo órgão.

Atualização de Documentos: Caso o exame toxicológico seja parte de um processo de renovação de CNH, por exemplo, siga as instruções fornecidas pelo DETRAN para atualizar seus documentos.

Quanto custa o exame?

O custo do exame toxicológico pode variar dependendo de diversos fatores, como o tipo de exame realizado, a região, o laboratório escolhido e a finalidade do teste.

Por exemplo, o preço pode variar com base no tipo de exame toxicológico realizado. Exames que analisam amostras de cabelo ou pelos do corpo podem ter custos diferentes dos exames de urina ou sangue.

O preço do exame pode variar de acordo com a região, porém, de acordo com a Associação Brasileira de Toxicologia (Abtox), a média é de R$135,00.

Você conhece a Frota 162?

A Frota 162 é uma plataforma especializada na gestão de multas, condutores e documentos para empresas. Nossa solução proporciona acesso centralizado a todas as infrações em território nacional e possibilita o pagamento antecipado de multas, levando a uma economia comprovada de até 40% para as empresas que possuem frota própria. 

Indicamos para simplificar não apenas o pagamento de multas, mas também para otimizar processos burocráticos de maneira fácil e rápida, em apenas um lugar.

Além disso, disponibilizamos relatórios e dashboards profissionais para aprimorar a gestão. Com a Frota 162, realizar o pagamento de multas torna-se fácil, permitindo que você efetue os pagamentos de todas as suas infrações em poucos cliques.

Nossa plataforma também te oferece diversos outros benefícios, como: 

  • Garantia de 20% de desconto no pagamento antecipado de multas;
  • Facilitação na identificação de condutores;
  • Acompanhamento da CNH de seus condutores;
  • Relatórios e dashboards profissionais para aprimorar a gestão;
  • Pagamento de TODAS as multas de forma rápida e simples.
  • E muito mais.

Clique abaixo e comece a economizar tempo e dinheiro hoje mesmo

Motoristas Profissionais têm até o dia 28 de Janeiro para regularizar o exame toxicológico
  • Compartilhar:

Comentários

Matérias relacionadas:

img post
23 de fevereiro de 2024

É Seguro Fazer a Vulcanização de Pneus? Saiba Como Funciona

Leia a matéria

img post
13 de fevereiro de 2024

Restrição veicular: como funciona, tipos e como resolver

Leia a matéria

img post
30 de janeiro de 2024

Os 3 pilares da disponibilidade de frotas

Leia a matéria

Assine a nossa
newsletter

    © 2022 Frota 162 - Todos os direitos reservados.