Um dos setores que mais apresentam inovações constantes é o setor automotivo, o que acaba refletindo nas frotas. A previsão para 2023 é a chegada de novas tecnologias, como o sensor LiDAR, a rede 5G, carros autônomos e conectados, as ecofrotas e sistemas de gerenciamento inteligente.

Essas novas implantações prometem tornar o trânsito mais seguro, trazer mais comodidade para os condutores, aumentar as conquistas sustentáveis e permitir que os gestores encontrem menos burocracia na hora de gerir suas frotas.

Aqui neste artigo, você vai conhecer a previsão para 2023 referente ao segmento frotista e as vantagens que essas inovações podem trazer. 

Previsão para 2023: ecofrotas

Os setores de frota e o automobilístico recebem bastante pressão para criar mecanismos mais sustentáveis para a operação. Isso porque eles trabalham com um dos principais poluentes do meio ambiente: o CO2.

Sendo esse o maior desafio para os setores, é imperativo encontrar e adotar práticas que diminuam a emissão de gases poluentes até chegar o momento em que ela se torne zero.

Esse é um dos conceitos que formam a ecofrota, uma frota sustentável. Porém o termo se relaciona a três pilares:

Previsão para 2023: ecofrota

Ambiental → Análise do impacto da frota no meio ambiente, balanceando o aumento das iniciativas positivas com a redução das práticas nocivas, principalmente a emissão dos gases poluentes.

Social → Produzir impactos positivos para sociedade de modo geral, promovendo a ampliação do acesso às tecnologias e práticas sustentáveis, bem como o investimento em pesquisas.

Econômico → Equiparar as práticas sustentáveis à economia da operação. Ser amigo do meio ambiente costuma trazer redução nas despesas, mas esse critério vem sendo estudado para ganhar mais expansão.

A previsão para 2023 é que mais frotas sejam convertidas em ecofrotas, não apenas pelo apelo sustentável, mas também pelos benefícios que esta conduta acarreta.

Uma delas é a redução nos custos com combustíveis e com manutenção, pois a ecofrota organiza sua operação para que não haja a necessidade de muitos veículos trafegarem pelas vias, mas essa organização é feita de uma forma que não prejudica a qualidade do serviço. E isso revela outro benefício, pois pensar nos impactos socioambientais abre oportunidades para que a frota adote práticas mais eficientes.

Também é importante considerar a disseminação dos biocombustíveis associados à diminuição dos gases poluentes, aumentando a pressão para uma regulamentação mais rigorosa para o setor.

Além dos combustíveis alternativos, a previsão para 2023 é que haja um aumento na circulação de carros ecológicos, como os elétricos, por exemplo. Até novembro do ano passado, a venda desse tipo de veículo representou um aumento de 63% em comparação ao ano anterior.

Além dos carros elétricos, os conectados e os autônomos também representam novas tecnologias no setor. Eles estão acompanhados da expansão do 5G e das inovações nos sensores.

Tecnologias para 2023

A expansão do 5G é a principal certeza para 2023. Até o final do ano passado, a rede foi disponibilizada nas capitais e no Distrito Federal, mas a previsão é que até 2025 a rede chegue a todas as cidades com mais de 500 mil habitantes.

O avanço do 5G impacta no setor automotivo, o que consequentemente influenciará as frotas. Ele vai trazer uma conexão 100 vezes mais rápida que o 4G, permitindo que a conexão entre os automóveis seja muito mais eficaz.

Isso vai se refletir em tecnologias como a cidade conectada, na qual os automóveis, os sistemas de trânsito e as sinalizações funcionem como um só, trazendo mais autonomia para os veículos.

Junto de outras inovações, como o sensor LiDAR, o veículo conseguirá simular algumas ações humanas na direção, como frear, ultrapassar, acelerar e até estacionar. Em uma cidade conectada, por exemplo, o carro teria a capacidade de frear sozinho quando o sinal ficasse vermelho.

O sensor LiDAR é uma das tecnologias que vai permitir ao automóvel o reconhecimento de outros elementos no trânsito. Como ele é um sensor parecido com o sonar, mas com emissão de pulsos de luz em vez de som, o LiDAR detecta outro veículo muito mais rapidamente.

Ainda como previsão para 2023, essas tecnologias permitirão que os carros operem serviços como viagens por aplicativos de forma autônoma. Eles iriam até o solicitante e o levaria ao destino, sem um condutor ao volante. Devido à conexão estável da rede 5G, estes automóveis seriam monitorados por uma central, que poderiam controlá-los remotamente também.

Sistemas avançados na gestão de multas e condutores

Outra tendência para 2023 é o aumento na disseminação dos sistemas avançados na gestão de multas e condutores, o que antes era feito por meio de excel ou anotações em papel.

As vantagens da adoção do sistema são significativas para o gestor. A primeira delas é a economia de tempo, que pode chegar até 80% do que é utilizado na operação. Imagine só, você, gestor, com todo esse tempo desbloqueado para se dedicar às outras atividades da sua frota?

Essa economia também subentende a eliminação da burocracia, pois o sistema vai reunir e centralizar todas as multas de trânsito e os dados da CNH dos condutores em uma única plataforma. Você não vai mais precisar entrar em cada site de cada órgão de trânsito para consultá-las. 

Além disso, há também a redução nos custos com multas. Como o sistema traz as infrações de forma mais ágil que os Correios, você vai poder quitá-las antes do vencimento com desconto e ainda não sofrerá com juros e moras.

Essas são apenas algumas das características que fazem o sistema de gestão avançada de multas e condutores compor a previsão para 2023. Mais frotas vão aderir essa tecnologia para aprimorar sua gestão, e as que não o fizerem, ficarão atrasadas.

Antecipe-se ao mercado e conheça agora mesmo a nossa plataforma avançada de gestão de multas e condutores. Basta entrar em nosso site e conferir suas características e vantagens.

CTA para previsão para 2023

© 2022 Frota 162 - Todos os direitos reservados.