Durante o congresso da AIAFA Brasil de Gestores de Frotas e de Mobilidade, os headers das frotas que participaram do evento discursaram sobre a prática sustentável que vêm adotando. 

Ao longo desse artigo, você vai conferir as práticas comuns às frotas que participaram do AIAFA.

Prática sustentável nas frotas

Dentre as frotas que participaram do congresso, como a Vivo, a ALD Automotive e a Frota 162, houve o apontamento de algumas iniciativas que compõem a prática sustentável para a diminuição da degradação do meio ambiente.

Dentre as mais citadas, destacaram-se:

Cada prática sustentável apontada no AIAFA

Cada empresa de frota contribuiu com suas estratégias, o que evidenciou como pensar em prática sustentável é favorável tanto para o meio ambiente quanto para frota, que acaba economizando.

Impasses e missões

A pandemia atrasou o plano de desenvolvimento das montadoras de carros mais eficientes e isso aumentou a quantidade de automóveis poluentes, o que agravou a situação das pessoas que enfrentavam doenças respiratórias. 

Observando esse cenário, as empresas de frota intensificaram a prática sustentável de combater as mudanças climáticas, aliando-se à missão de neutralidade de carbono até o ano de 2030. Afinal, as emissões de carbono agravam os sintomas da Covid-19.

A missão, na verdade, compreende muito mais que isso. A ideia é reduzir a degradação ambiental, além de mobilizar e engajar fornecedores e colaboradores para a sustentabilidade.

Esse objetivo só está sendo cumprido graças à prática sustentável das companhias. Uma delas foi o Carbon Free adotado pela ALD Automotive, que proporcionou compensação de CO2 em mais de 15 mil toneladas ao plantar 110 mil mudas de árvores

Já o Cartão Mobilidade, junto do compartilhamento de veículos, incentivou o uso do etanol e da eletricidade para evitar a emissão de poluentes na atmosfera. 

Inclusive, meios de transporte como patinetes e bicicletas elétricas ajudaram a economizar com os gastos ao dispensar o uso dos carros que, como estavam parados, além de não emitirem CO2, ainda não geraram despesas com manutenções extras e consumo de combustível.

Ser amigo da natureza reduz despesas 

As frotas sustentáveis já vêm cumprindo com maestria a prática sustentável ao qual se têm proposto, e isso contribuiu para a redução de despesas, desbloqueando o caixa para otimizar ainda mais sua frota. 

Como mostrado nos parágrafos anteriores, as iniciativas verdes da empresa fizeram com que o volume de veículos diminuísse nas vias, o que acarretou em menos acidentes, menos gastos com combustível, menos manutenções etc.

Essa redução na atividade impactou diretamente no valor destinado a esses elementos, que puderam ser realocados para otimização da frota, aumentando a eficiência do serviço e fidelizando os clientes.

Entretanto, existem outras práticas que também podem contribuir com a sociedade e com a economia financeira. Uma delas é organizar as multas infringidas aos veículos da frota.

Para te ajudar nisso, a Frota 162 preparou uma planilha inteligente focada na gestão das suas infrações para uma forma mais eficiente.

E o melhor de tudo: ela é gratuita!

CTA para prática sustentável

© 2022 Frota 162 - Todos os direitos reservados.